sábado, 1 de maio de 2010

A LÓGICA ASILAR ACABOU?

Desde a década de 80, pelo menos o corte de tempo que comecei a acompanhar as produções científicas em saúde mental, o departamento de Ciências Sociais da UFPE, tem vasta produção na área da saúde mental, bem diferente do nosso departamento por aqui, a loucura nunca foi um objeto de pesquisa atrativo para os cientistas sociais piauienses. A maioria, senão as mais relevantes têm ficado a cargo do departamento de Serviço Social, tanto em nível de graduação como pós.
Somente para assinalar interessante material "pescado" na rede, sob responsabilidade de importante nome que usamos por aqui em referências bibliográficas, Artur Perrusi. Bom conferir artigo citado no título deste post em: http://quecazzo.blogspot.com

Um comentário:

Ezequiel de A. C. disse...

Na verdade tenho grande curiosidade em saber como é o acompanhamento psiquiátrico do Piauí.

Temos que admitir que pesquisas em saúde mental não é prioridade em lugar nenhum, infelizmente.

Estão ocupados tentando descobrir OVNIS.

Eles acham mais importante descobrir se há vida em outros planetas do que cuidar dos vivos deste planeta.

PSIQUIATRIA SEM HOSPÍCIO

POR UMA CLÍNICA DA REFORMA PSIQUIÁTRICA: COM SUBJETIVIDADE, MEDICAÇÃO COM MENOS EFEITOS COLATERAIS E MAIOR PODER DE RESOLUTIVIDADE ASSOCIADA A PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES.